Características necessárias

O engenheiro está numa posição bastante privilegiada na sociedade moderna. Eles são valorizados pelo desenvolvimento e domínio das novas tecnologias, pelo pragmatismo e pelo comprometimento com o desenvolvimento. O engenheiro deve estar hoje sempre à frente, formulando e aplicando novas ideias e reunindo as ciências básicas no pensamento de novas soluções. Por isso é importante ter um conhecimento geral dessas ciências.

Outras características são aconselháveis, já que as mudanças em tecnologia têm acontecido de forma acelerada, o engenheiro precisa se manter atualizado. Ele tem que ter curiosidadepara investigar as propriedades das novas técnicas e pensar de que forma as descobertas podem ser adaptadas a seu trabalho.

Ele também precisa de agilidade porque os prazos de conclusão das etapas o pressionam constantemente. Por esse mesmo motivo, ele precisa de flexibilidade e criatividade para adaptar os meios concretos de realização às necessidades. Daí também a importância de um senso prático.

Mas essas pressões não devem prejudicá-lo. Não se pode confundir rapidez com precipitação. As atividades de criação dos projetos e de seu cálculo devem ter a maior precisão possível. Deve-se ter meticulosidade, prestar muita atenção aos detalhes. A responsabilidade é enorme e erros de cálculo podem afetar a vida de muitas pessoas. Daí a importância da concentração e da facilidade para a matemática.

Às vezes, formam-se equipes para pensar nos projetos. Por isso tem-se que saber trabalhar em grupo. Além disso, a boa comunicação também facilita na hora de orientar as pessoas que realizarão o projeto. No caso da engenharia civil, por exemplo, o engenheiro precisa deixar claro para os operários o passo a passo da construção da obra. Essa liderança requer ainda a capacidade de decisão, enquanto a formulação do passo a passo pede organização.

É básico que se tenha prazer em construir novas coisas, já que essa é a função do engenheiro. Para isso, é necessário o interesse pelo funcionamento das coisas em geral. Ajuda muito nesse sentido ter desenvolvido o raciocínio abstrato, para conseguir imaginar a forma do projeto, além do raciocínio espacial, para verificar sua viabilidade em lugares pré-definidos.